Odontopediatria: Conheça os problemas bucais mais comuns nas crianças

Odontopediatria: Conheça os problemas bucais mais comuns nas crianças

A odontopediatria é essencial para garantir a saúde bucal das crianças. Afinal, é por meio dessa especialidade que o profissional capacitado orienta sobre a realização da higienização correta e ainda ajuda no tratamento de problemas bucais mais comuns nessa fase da vida.

Sem dúvida, a prevenção é a melhor maneira de evitar as complicações bucais que expõem as crianças a dores indesejadas e aos incômodos causados pelos tratamentos dentários. O primeiro passo para isso é identificar o problema bucal que o seu filho está passando.

Por isso, elencamos os problemas bucais mais comuns nas crianças atualmente. Assim, você saberá como tratá-los e evitá-los. Confira:

Odontopediatria previne Cáries

Saúde bucal: Descubra as principais causas do mau hálito e como eliminá-lo

O tratamento de cáries em crianças e até em bebês é muito comum na odontopediatria. A principal causa desse problema está ligado ao consumo de alimentos e bebidas muito açucaradas.

Assim como, a ausência de uma higienização bucal adequada, que juntos provocam as condições propícias para o surgimento de problemas bucais.

No caso dos bebês, é comum que eles apresentem a famosa “cárie de mamadeira”. Ela é provocada pela prática de não escovar os dentes da criança, logo depois dela terminar de tomar a sua mamadeira. Quando isso acontece, sobretudo durante a noite, a proliferação de bactérias é estimulada e começam a surgir as cáries.

No caso das crianças um pouco maiores, as cáries podem surgir devido a higienização precária. Ela acontece quando a criança sente dificuldade de escovar os dentes sem a presença de um adulto. Isso faz com que resíduos de alimentos fiquem nos dentes, juntando bactérias e formando as terríveis placas bacterianas e as cáries.

Fluorose dentária

A principal característica desse problema dental é o surgimento de manchas nos dentes das crianças. Segundo especialistas, a fluorose dentária pode ser causada tanto pelo excesso de flúor presente em pasta de dente, quanto pelo consumo de alguns produtos que têm essa substância na sua composição.

Quanto maior for a concentração de flúor no organismo da criança, maiores são as chances dela desenvolver esse tipo de problema. No entanto, apesar de ser um problema estético, é importante analisar o tipo de alimento que está sendo oferecido para o seu filho como forma de evitar o surgimento das manchas.

Uma dica bacana nesses casos é sempre procurar a orientação de um especialista antes de escolher o melhor creme dental para as crianças. Ele poderá indicar qual o produto ideal e ainda esclarecer as dúvidas quanto aos alimentos que apresentam importantes quantidades de flúor e que precisam ser evitados.

Gengivite na odontopediatria

A gengivite é outro problema muito frequente na odontopediatria, ele é provocado pela união de uma alimentação rica em açúcares e a má higienização bucal. Caso o problema não seja tratado desde o início e devidamente prevenido, a criança deverá se submeter a procedimentos incômodos e até dolorosos.

Por isso, recomenda-se que os pais e responsáveis fiquem sempre atentos à higiene bucal das crianças. O ideal é que ao terminar de escovar os dentes, não fiquem resquícios de alimentos entre os dentes, sobretudo de comidas açucaradas, e que a escovação seja bem realizada.

Essa simples prática irá evitar o acúmulo de placa bacteriana ao redor do dente. Isso pode fazer com que a gengiva fique mais sensível, inchada e que ocorra o sangramento do local durante a escovação ou com o uso do fio dental. Caso você perceba qualquer sinal desses é indicado que procure um especialista de imediato, pois em casos graves, pode haver até a perda do dente.

Perda precoce dos dentes

Alguns pais ou responsáveis consideram que a perda precoce dos dentes de leite não é algo que se deva preocupar. No entanto, esse é um terrível engano, pois esses dentes são essenciais para o desenvolvimento da arcada dentária da criança e para a sua devida funcionalidade. Por isso, a queda do dente antes do tempo pode causar prejuízos futuros.

Além disso, ao ficar muito tempo com aquele espaço aberto, sem o dente de leite exercendo a sua função, a criança pode desenvolver problemas com a mastigação e até sofrer com o desalinhamento dental. Em casos graves, essa queda precoce pode chegar a prejudicar a fala e até a respiração das crianças.

Assim, para evitar que isso aconteça, o ideal é inserir alimentos mais sólidos na dieta das crianças. Eles irão ajudar no desenvolvimento da força da sua arcada dentária e evitar que ela sofra com algum dos problemas indicados acima.

Dentes desalinhados na odontopediatria

Dentes desalinhados ou a má oclusão são considerados problemas bucais comuns na odontopediatria. Nesses casos, a criança apresenta os dentes tortos e dificuldade na mastigação devido a disfunções no encaixe dos dentes. Alguns dos tipos de má oclusão mais comuns são:

  • mordida profunda;
  • mordida cruzada;
  • mordida aberta.

Quando identificado de maneira precoce, o dentista pode iniciar o tratamento para a correção desse tipo de problema. Nesses casos, ele pode recorrer ao uso da ortodontia e indicar a utilização de um aparelho dental especial para o caso da criança.

No entanto, antes de indicar qualquer tipo de tratamento, o dentista primeiro irá fazer uma avaliação do caso. Apenas depois disso ele poderá falar com os pais ou responsáveis sobre as opções para a correção do problema, a durabilidade do tratamento, entre outros.

Sem dúvida, a melhor maneira de prevenir os problemas bucais mais comuns nas crianças, que podem ser tratados pela odontopediatria, é incentivar e orientar sobre a realização correta da higiene bucal. Além disso, os pais ainda precisam ficar atentos a alimentação, pois não é indicado que ela seja composta de muitos alimentos ricos em açúcares.

Somado a isso, ainda é imprescindível que as crianças façam visitas periódicas ao dentista. Afinal, apenas esse profissional é capaz de orientar, analisar a saúde bucal e ainda esclarecer as principais dúvidas quanto a realização de uma higienização perfeita.

Para isso, o ideal é escolher uma equipe altamente capacitada e com experiência com o público infantil. Como é o caso do Ateliê Facial, que conta com profissionais de qualidade, que estão preparados para orientar sobre a saúde bucal do seu filho. Acesse o site e conheça os serviços oferecidos pela clínica.

(21) 99295-5515 (21) 99295-5515