CIRURGIA BUCOMAXILOFACIAL

Cirurgia bucomaxilofacial

O profissional desta área é um cirurgião que irá tratar tanto aquelas fraturas faciais em decorrência de traumas, sejam eles ocasionados por acidentes automotivos, esportivos ou quedas de grandes alturas, como também é capaz de tratar deformidades faciais congênitas. Aquelas pessoas que estão descontentes com o seu perfil facial, que tenham queixo mais ou menos proeminente, mordida errada, dores e estalos na articulação têmporo-mandibular (ATM), dificuldade para respirar, apneia do sono ou até mesmo uma simples extração dos dentes do siso são tratados por esta especialidade. .

Cirurgia ortognática

A cirurgia ortognática é indicada para pessoa que possuem uma desarmonia facial, que pode ser mais do que um problema estético. Geralmente, são resultado de um crescimento exagerado ou inadequado de algum dos ossos que envolvem a face, como mandíbula, maxilar, queixo (ou mento), nariz ou malar (a maçã do rosto).

A assimetria facial ocorre nestes casos e essa alteração normalmente começa durante a fase de crescimento e se estabiliza na idade adulta, comprometendo a harmonia e a beleza do rosto. Além da questão estética, essa alteração causa outros problemas que afetam a saúde e o bem estar dos pacientes. A cirurgia ortognática pode prevenir esses problemas futuros, como:

  • Retração da gengiva
  • Desgaste na articulação temporomandibular
  • Artrose da articulação temporomandibular.
Contra indicações

Em termos de contraindicação, como em qualquer outra cirurgia, é necessário checar sobre distúrbios sistêmicos que contraindicam uma anestesia geral. A cirurgia ortognática também é contraindicada para pacientes que não vão cooperar com as medidas pós-operatórias, que incluem alimentação restrita, por exemplo, e para pacientes que possuem distúrbio neurológico.

Como é realizada

A cirurgia ortognática consiste, basicamente, em colocar os maxilares na melhor posição possível, de tal forma que garanta a saúde das articulações temporomandibulares, dos tecidos bucais, da respiração correta, das funções da fala e da mastigação, da oclusão e da estética facial.

Antes de realizar a cirurgia ortognática, é feito um planejamento virtual, ou seja, ela é realizada antes no computador para que depois todas informações sejam transportadas para o centro cirúrgico. Essa tecnologia nos dá precisão plena para o procedimento executado na sala. A tecnologia utilizada na área é tão avançada que softwares podem indicar a cirurgia específica para cada caso e proporcionar a visualização aproximada dos resultados.

Essa é uma cirurgia realizada em ambiente hospitalar e o paciente não fica com nenhum tipo de cicatriz. O procedimento é inteiramente realizado por dentro da boca, alterando a forma da maxila, mandíbula e cornetos. A cirurgia ortognática é considerada um procedimento minucioso, já que o dentista modifica décimos de milímetros dentro da boca.

Para realizar essa cirurgia, o ideal é que o profissional seja um dentista com especialização em cirurgia e traumatologia buco-maxilo-facial, ou seja, o cirurgião buco-maxilo-facial é o profissional mais indicado.

(21) 99295-5515